27 de nov de 2011

Alunos da EMEF Ogilvanise Moura expõem projeto sobre Violência

O dia 24/11 foi de grande orgulho para a EMEF Ogilvanise Moura. Alunos e professores mostraram a excelência de seus trabalhos durante a exposição do projeto Retrato do Brasil: Violência, em dois horários, às 17h e às 19h.
Na primeira parte, alunos dos 6º anos A e B em compania das professoras Meire, Gláucia, Edinalva e Juraci expuseram vários trabalhos sobre violência doméstica, violência no campo, violência no trânsito e bullying.


Foram mostrados mapas de Eldorado do Carajás utilizados para que os alunos conhecem melhor os bairros e ruas da cidade para um posterior trabalho de campo. Eles pesquisaram os índices de morte por acidente de veículo nas ruas mais movimentadas e descobriram as ruas onde é necessário ter tenção redobrada, estatísticas de motoristas e pilotos habilitados e não habilitados.



Quanto  a violência domética, pesquisaram por meio de entrevistas a moradores da cidade, os tipos de violência doméstica que já presenciaram, as causas e consequências. Descobriram que o motivo mais comum das mulheres não denunciarem seu agrssor é a dependência financeira. Buscando identificar o perfil dos agressores, descobriram que 52% são os companheiros/esposos, 11% são os pais e padrastos e 5% são noivos/namorados.
Já no segundo momento, as atrações ficaram por parte da EJA, com as turmas 3ª etapa A e B, 4ª etapa A, B e C. Várias apresentações teatrais, músicas canatadas e tocadas pelos próprios alunos, assim como paródias e produções interdisciplinares foram os instrumentos utilizados para abordar o público e mostar que violência não é legal. Os professores Salomão, Francisca Vitória, Wiler, Andreia, Alneídes e Edinalva estavam a todo momento auxiliando os seus alunos e acalmando-os por conta do nervosismo.










Trataram de violência doméstica, das drogas, da violência ocorrida com a II Guerra Mundial, dos índices de violência sofridos pela comunidade, por mulheres e crianças em específico. Além disso, não faltaram momentos emocionantes de alunos homenageando e agradecendo seus professores por terem acreditado neles, professores oferencendo medalhas de honra ao mérito a aluno que entrenta bastante dificuldade para frequentar a escola, e artistas tendo descoberto os seus talentos dentro da sala de aula.



Com uma sensação de satisfação, a diretora Neide e coordenadoras escolares agradeceram a participação de todos e convidou para a Noite Cultural, na sexta, 25/11.

Nenhum comentário:

Postar um comentário