29 de ago de 2011

Secretário de Educação do Estado reúne com docentes das regiões sul e sudeste em Marabá

Cerca de 60 profissionais de educação da rede estadual que atuam nas regiões sul e sudeste do estado participam nesta segunda-feira, 29, em Marabá, de um encontro com representantes da gestão da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), ocasião em que terão a oportunidade de levar demandas administrativas e pedagógica à direção do órgão.

O secretário de Estado de Educação, Cláudio Ribeiro, e o adjunto de Ensino da Seduc, Luiz Acácio Centeno, estão reunidos desde o final da manhã de hoje com diretores, técnicos e professores de vários municípios. Juntamente com Pedro de Souza, diretor da 4ª Unidade Regional de Educação (URE) de Marabá, o secretário cumpre uma agenda de atendimento que deve se estender por todo o período da tarde.

Questões como substituição de professores, contratação de serventes, reformas de escolas, transporte escolar, além de aspectos relacionados são alguns dos temas a serem tratados. A reunião acontece na sede da 4ª URE, no bairro Cidade Nova.

Diretor do estabelecimento Pequeno Príncipe, ligado à rede pública estadual, Antônio Soares, diz que o contato com um representante da Seduc é extremamente positivo. “Sabemos que tudo é um processo, mas o fato do governo estar em Marabá é significativo”, avaliou o diretor.

Antes do atendimento na URE de Marabá, o secretário Luiz Acácio Centeno esteve reunido com os dezenas de profissionais em uma sala da escola estadual Plínio Pinheiro, no bairro da Marabá Pioneira. Por aproximadamente uma hora, ele apresentou o cenário administrativo encontrado pela nova gestão, assim como as prioridades a serem atingidas pelo novo governo no setor educacional, e ainda tirou dúvidas dos educadores.

Em sua exposição, o secretário apresentou os investimentos a serem feitos pela Seduc, as parcerias com o Instituto Unibanco e com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), e o diagnóstico já feito sobre a educação no estado, que revela, entre outras coisas, o quadro dos ensinos Médio e Fundamental em números, além dos desafios traçados pela educação pública paraense para os próximos anos, com destaque para elevação do Índice da Educação Básica (Ideb), melhoria da qualidade, aumentos da cobertura e da oferta de vagas.

Outro ponto ressaltado por Luiz Acácio foi a necessidade de planejamento. O secretário adjunto disse que o governo federal possui recursos específicos para as necessidades administrativas das unidades escolares, mas para obtê-los os gestores devem atentar para o planejamento. “Precisamos elaborar bons projetos e não trabalhar com achismos”, enfatizou.

“Pra nós que vivemos nessa região a distância é um agente complicador. Por isso a oportunidade de entrar em contato direto com a Seduc é importante”, disse Marcilena Borges, diretora da unidade Macário Dantas, de São Geraldo do Araguaia, que possui perto de 1.200 estudantes. Ela apresentou demandas ligadas a transporte escolar e merenda.

Todas as demandas recebidas serão avaliadas pela equipe de Cláudio Ribeiro, que estará em audiência nos próximos dias com o ministro da Educação, Fernando Haddad.

 

Fonte: Blog do Zé Dudu

Nenhum comentário:

Postar um comentário